Área restrita

Notícias

Sistema construtivo em alta

Sistema construtivo em alta

Os sistemas construtivos estão cada vez mais modernos para dar velocidade à obra, além de contribuir para reduzir os custos de construção, evitando desperdício de materiais. Alguns projetos, como o de alvenaria estrutural de blocos cerâmicos, serão apresentados na Feira Construir 2010, que acontece de quarta-feira a sábado, no Riocentro, na Avenida Salvador Allende 6.555, Barra da Tijuca.

O Senai e Anicer (Associação Nacional da Indústria de Cerâmica) em parceria com construtora Novo Lar, do Grupo Patrimar, reproduzem no evento um apartamento de 42 metros quadrados. O projeto não é um protótipo como as tradicionais casas — de aço, cimento, gesso, plástico ou de cerâmica —, mas uma realidade nos canteiros de obras de grandes empreendimentos construídos com recursos do ‘Minha Casa, Minha Vida’ por construtoras de peso no mercado. “Só no estado do Rio, já são mais de 25 mil unidades residenciais utilizando este sistema, entregues ou em fase de finalização”, informa o presidente da Anicer, Luis Lim.

Segundo ele, o projeto ‘Solução Cerâmica: Minha Casa, Minha Vida’ será apresentado na feira no intuito de demonstrar ao público as vantagens, principalmente, econômicas deste método construtivo. O preço do deste imóvel sai por R$ 51 mil.

Paralelo ao evento haverá a Rio Infraestrutura, que reproduzirá uma minicidade em aço, criada pelo Instituto Aço Brasil (IABr) . Ocupando uma área de 1.650 metros quadrados a Vila do Aço apresentará réplicas em tamanho real de casas, prédios e equipamentos urbanos com estruturas em aço.

Material versátil

O sistema construtivo pode ser usado para projetos residenciais. A evolução tecnológica do material revela versatilidade em atender às mais diversas necessidades desses projetos, com velocidade, flexibilidade e durabilidade.

O evento também vai contar com o caminhão-escola do programa ‘Mestre ArcelorMittal’, que treinará 30 pedreiros e mestres de obras gratuitamente. Os interessados podem se inscrever no local, na quinta-feria, das 13h30 às 17h30.

Fonte: O Dia