Área restrita

Notícias

Prosperitas cria Fundo de R$ 1 bilhão

Prosperitas cria Fundo de R$ 1 bilhão

Loteamentos residenciais, logística e industrial são os setores focados pelo Fundo de Investimentos em Participação (FIP) Prosperitas III, com R$ 1 bilhão sob gestão e recém-criado pela Prosperitas Investimentos – uma das maiores gestoras de private equity imobiliário do Brasil.

“Nós imaginamos que a maior parte do Fundo vai ser investida nessas três áreas. Porém, isso não significa que não vamos fazer outros negócios, como build-to-suit, retrofits e sale and lease back”, afirma Luciano Lewandowski, diretor da Prosperitas.

O FIP Prosperitas III apresenta características semelhantes ao Prosperitas II, com cem por cento dos recursos oriundos de investidores estrangeiros. “Os investidores basicamente são: Fundos Soberanos, Endowment Funds, seguradoras e fundos de pensão”, comenta Lewandowski.

O novo fundo tem o prazo de quatro anos para investimentos, e mais seis para desinvestimento. Oitenta por cento desses investidores vêm dos fundos I e II. “Essa é uma das nossas principais características. Os investidores de um Fundo tendem a migrar para o próximo, em função da notável performance”, explica o sócio da Prosperitas, Maximo Pinheiro Lima Netto.

Fundada em 2003, a Prosperitas executou até agora 1,1 milhão de m² de área construída, o que representa a gestão de aproximadamente R$ 3 bilhões em ativos imobiliários. Atualmente, empreende nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Alagoas, Acre e Distrito Federal.

“Estamos verificando a possibilidade de novos projetos, principalmente nas regiões Norte e Nordeste, por considerarmos que essas áreas não estão bem servidas”, diz Lewandowski.

A gestora investe principalmente em terrenos para criar, aprovar os projetos e construir, aplicando os seus conceitos. “Amadurecer para depois vender”, explica Lewandowski. “Nós vamos onde está a oportunidade. Diferente de outros, os Fundos da Prosperitas são multifocados. Não temos uma área especifica de atuação. Nós buscamos, dentro do mercado imobiliário, as boas oportunidades de negócios”.

Fonte: R7