Área restrita

Notícias

Planejamento para o último trimestre do ano

Planejamento para o último trimestre do ano

Sindiconet

Outubro oficializa a chegada do final do ano. É o primeiro mês do último trimestre. E parece que esse é o mais cheio de tarefas – e o que passa mais depressa.

Como ninguém gosta de ser pego de surpresa, o SíndicoNet dá o caminho para não haver problemas nem final do ano e nem no começo do ano que vem.

Orçamento

O orçamento é um item que deve ser analisado cuidadosamente. Apesar de muitos condomínios diluírem custos importantes de final de ano, como dissídio dos funcionários e décimo terceiro salário, pode ser que o montante guardado para esse fim tenha sido gasto com um imprevisto ao longo do ano.

Por isso, é de suma importância que se faça uma análise minuciosa do que se tem em caixa e dos custos enfrentados até dezembro.

Além dos já citados dissídio dos funcionários -nas áreas onde o reajuste ainda não foi aplicado- e do décimo terceiro salário, deve-se também considerar gastos com uma possível decoração natalina, além de alguma gratificação para funcionários e/ou fornecedores.

Caso o que esteja guardado não seja suficiente para cobrir os gastos, o ideal é convocar uma assembleia para aprovação de um rateio extra até dezembro. Dessa forma, o valor acrescido na taxa mensal é diluído e, assim, evita-se uma possível inadimplência. E como a inadimplência em janeiro costuma aumentar, uma forma de tentar contornar a situação é programar a emissão do boleto de cobrança de janeiro para até o dia 12 ou 13 de dezembro. Assim, o condômino já pode pagar a sua taxa antes de viajar no final do ano.

Ainda no tópico orçamento, dependendo do perfil do condomínio, deve-se provisionar dinheiro para gastos extras em dezembro e janeiro, como monitores para entreter as crianças em férias ou um reforço na segurança, caso o local fique muito vazio ou extremamente movimentado no período.