Área restrita

Notícias

Há diferentes tipos de barreiras acústicas

Há diferentes tipos de barreiras acústicas

Extra

É pelo nível de barulho externo que as Normas de Desempenho NBR 15.575, da ABNT, orientam profissionais na construção de prédios. Os parâmetros para o conforto acústico estão divididos em três classes, de acordo com o coordenador da comissão de estudo destas normas, Fábio Villas Boas: na classe I, locais de baixo ruído, deve ser garantido ao imóvel uma redução igual ou maior que 20 decibéis; na classe II, situações intermediárias de ruído, o isolamento deverá alcançar 25 decibéis ou mais; e na classe III, avenidas de tráfego e ruído intenso, a exigência será de 30 decibéis ou mais.

— As normas estimulam o lado inovador do construtor, uma vez que não apresentam os materiais que ele deve usar, mas sim, o resultado. Ele é quem deve encontrar as soluções para proteger a fachada do barulho que vem das ruas — explica Villas Boas.

No mercado há muitas soluções para reduzir o som de aeronaves e ônibus. De acordo com Felipe Leite, gerente de Marketing da Alufama, loja especializada em proteção acústica, hoje há vidros poderosos, que reduzem ao máximo ruídos fortes, como os de avião:

— São vidros duplos e triplos, com camada de ar, que reduzem em mais de 50% o barulho externo.

A advogada Rosina Vignes, depois de passar anos convivendo com o barulho da feira-livre de sua rua a partir das 4h da matina, resolveu investir num modelo desses de janela, para não ser acordada fora de hora.

— Eu tive que mudar de quarto para não ser atrapalhada. Coloquei vidro triplo e acabei com o problema.

Há quem invista em tapetes e cortinas grossas para garantir ainda mais o silêncio dentro de casa, porém são as soluções de arquitetura que oferecem maior conforto acústico. Segundo o professor de Acústica e de Engenharia Ambiental da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Ricardo Musafir, os ruídos só ficarão de fora dos imóveis, definitivamente, quando houver um sistema para sua fiscalização.

— Há soluções que podem ser incorporadas aos edifícios, como barreiras acústicas e intervenção nas fachadas dos edifícios. Os apartamentos podem instalar janelas acústicas, mas esta é uma solução cara. É preciso que haja controle para o som da rua.