Área restrita

Notícias

Financiamento imobiliário deve dobrar e atingir 1 milhão de unidades em 2010

Financiamento imobiliário deve dobrar e atingir 1 milhão de unidades em 2010

O número de financiamentos imobiliários da Caixa deve dobrar e atingir mais de 1 milhão de unidades em 2010, com as ações voltadas à redução da burocracia nas contratações de imóveis do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida. A previsão foi feita pelo vice-presidente da Caixa, Jorge Hereda, nesta quinta-feira (3), em São Paulo, e prevê acordos com o governo municipal, estadual e ampliação da ação dos correspondentes bancários – funcionários que fazem o pré-cadastro dos mutuários em stands de vendas das construtoras. De janeiro a novembro deste ano, o volume emprestado chegou a quase R$ 40 bilhões, um aumento de 93% em relação a 2008.

– A velocidade na apresentação das propostas neste ano nos permite afirmar que até maio nós vamos conseguir atingir esse número [de 1 milhão]. É preciso encurtar tempo com a burocracia para melhorar ainda mais os nossos resultados.

té o dia 30 de novembro, 2.763 propostas de financiamentos de imóveis foram encaminhadas à Caixa. O número corresponde a 567 mil moradias, sendo a metade delas voltada ao público com renda de até três salários mínimos. A previsão é que até o final deste mês todas essas propostas sejam avaliadas e autorizadas.

A falta de documentação das empresas responsáveis pelos empreendimentos mais a burocracia são os principais problemas enfrentados pela Caixa, segundo Hereda. Em média, para empreendimentos voltados às famílias com renda de até três salários mínimos (R$ 1.395) o tempo médio de espera para a liberação do financiamento é de 64 dias. Para imóveis voltados às famílias de três a dez salários mínimos (de até R$ 4.650) o tempo de espera para liberação do contrato é de 75 dias.

Fonte: R7