Área restrita

Notícias

Conhecer o tipo de tinta ideal e saber que bucha usar ajuda a manter drywall

Conhecer o tipo de tinta ideal e saber que bucha usar ajuda a manter drywall

Extra

O drywall garante praticidade e economia, porém requer mais cuidados e atenção que uma parede tradicional de tijolo. O primeiro deles é com relação ao objeto que será fixado no gesso.

— É fundamental usar buchas para ocos e parafusos apropriados, vendidos nas lojas de material de construção. As buchas de alvenaria não servem, pois danificam a parede. Além disso, tudo que for fixado com outras buchas pode despencar — diz Carlos Roberto de Luca, engenheiro e consultor da Comissão Técnica da Associação Brasileira de Fabricantes de Chapas para Drywall.

Para suportar cargas mais pesadas, é recomendado o uso de buchas basculantes, compostas por dois elementos: corpo de plástico, que se ajusta à cavidade, e haste metálica ou de plástico, que, quando parafusada, se ajusta firmemente à parte interna.

Para manter a beleza da pintura, é preciso limpar o local sujo rapidamente. Nas tintas fosca ou semibrilho, o ideal é passar uma esponja macia com detergente neutro. Quando for tinta acrílica lavável, é necessário preparar uma solução com 500ml de água, 250ml de álcool e 50ml de detergente. Deve-se usar um pano limpo, e nunca aplicar jato de água, porque pode danificar o drywall. Vários fatores influenciam a durabilidade do drywall.

— Os fabricantes dão garantia de até cinco anos para os materiais usados na aplicação. Para manter a parede em boas condições, basta seguir o manual e ter cuidado com as fixações, além de manter a limpeza — detalha o engenheiro.