Área restrita

Notícias

Como ter uma casa ecologicamente correta

Como ter uma casa ecologicamente correta

O termo sustentabilidade nunca foi tão falado como nos últimos tempos. Mas, como aplicá-lo em nossa vida e em nossa casa? Quem tem consciência ambiental e pensa no futuro do planeta, além de mudar hábitos e ter atitudes ecológicas no seu dia-a-dia, ao decorar, reformar ou construir a sua residência, planeja também uma arquitetura que torne a casa ecologicamente correta. É possível pensar em sustentabilidade aliada a conforto, bem-estar e beleza.

Algumas atitudes básicas e fundamentais são: utilizar água e energia elétrica de forma consciente, reciclar o lixo e reaproveitar materiais. Essas são formas simples de ingressar no planeta sustentável, pois as futuras residências servirão para que a família reveja suas atitudes diárias e se conscientize da nova forma de viver.

Uma residência verde tem inicialmente como processo construtivo um redutor residual, que é o maior vilão da construção civil. As escolhas dos materiais devem ser pensadas para que se utilizem produtos com menor impacto ambiental e claro, economicamente viável ao morador, permitindo uma fácil manutenção.

Há inúmeras maneiras de desenvolvimento em uma construção sustentável: a iluminação natural, por exemplo, deve ser um item muito bem analisado. Quanto mais luz natural na residência, menor será o uso da energia elétrica, e para evitar que o interior aqueça demais, é possível apostar em películas para os vidros das fachadas.

Já é possível captar a energia solar e transformam em energia elétrica, há equipamentos no mercado com preços viáveis. Prefira eletrodomésticos, que trazem o selo Procel, pois são equipamentos que apresentam alta eficiência energética, portanto, compre um novo e veja a diferença na sua próxima conta de luz. Além de fazer um bem ao planeta, você fará um bem ao seu próprio bolso.

Para economizar dinheiro e os recursos escassos da natureza, a solução pode ser também o uso racional da água, a reciclagem e o reaproveitamento das águas pluviais. Com projetos minuciosos, que em casos de decoração ou construção podem ser feitos por um arquiteto, há inúmeras maneiras de reciclar e reaproveitar. Um bom exemplo de soluções simples podem ser torneiras temporizadas e caixas acopladas nos vasos sanitários.

Hoje as empresas estão se adequando a idéia de sustentabilidade e criando produtos certificados, de baixo impacto ambiental, e milhares de alternativas sustentáveis. Por isso, pesquise antes de comprar qualquer objeto de decoração, móveis ou material de construção. Certifique-se da origem e se há selos de sustentabilidade. A arquitetura do século XXI prioriza o conceito de diminuir ao máximo os impactos ao meio ambiente, isso é essencial para a preservação e a utilização de recursos naturais de maneira menos destrutiva.

Mas, a casa sustentável, além de ser ecologicamente correta, tem o papel de oferecer ao usuário um maior conforto ambiental e funcional, proporcionando ao usuário melhores condições físicas e mentais a cada dia. O contato com a natureza é importante e se podemos tê-la dentro de casa, por que não aproveitar?

Fonte: R7