Área restrita

Notícias

Brasil é destaque em conferência internacional de construção sustentável

Brasil é destaque em conferência internacional de construção sustentável

Uol

Projetos brasileiros construídos com técnicas sustentáveis serão apresentados na conferência internacional do GBC (Green Build Council), em São Francisco (Estados Unidos).

O evento, que acontece entre os dias 13 e 16 de novembro, reúne profissionais e empresas líderes no segmento de diferentes partes do mundo para exposições e debates.

A instituição é um dos principais órgãos que certifica e capacita pessoas no emprego de materiais e métodos ecológicos na construção civil –como reutilização de água da chuva e captação de energia solar. No país, o certificado LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) já foi concedido a 67 empreendimentos e 599 estão na lista de espera pela aprovação.

Felipe Faria, gerente de relações institucionais e governamentais do GBC Brasil, diz acreditar que o interesse pelo selo está relacionado a um reflexo das necessidades do mercado nacional e ao crescimento da chamada economia verde.

“Há uma priorização por soluções de baixo impacto ambiental e de materiais ecológicos. O próprio governo está engajado no incentivo de políticas públicas no setor”, afirma.

O interesse na área concedeu ao Brasil o quarto lugar no ranking dos países que mais têm edifícios certificados pela instituição, atrás de EUA, China e Emirados Árabes. Com a implementação das arenas esportivas para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 –atualmente, dez dos 12 estádios entraram com o pedido do selo– a tendência é que mais empreendimentos sejam projetados a partir das premissas da organização.

Outro destaque no congresso é a homenagem ao arquiteto Siegbert Zanettini, professor da FAU-USP. O prêmio, que está em sua segunda edição, reconhece o trabalho de profissionais ligados ao desenvolvimento de projetos no setor.

De acordo com a associação, a estimativa é que neste ano o número de visitantes na conferência seja de 35 mil.