Área restrita

Notícias

7 dúvidas sobre organização

BRINQUEDOS PARA TODOS OS LADOS
1
 O quarto do meu filho é pequeno e cheio de coisas. O que fazer para torná-lo mais espaçoso e confortável?

O primeiro passo é separar, junto com a criança, os brinquedos e os objetos que ela realmente utiliza. Tudo o que ficar de fora pode ser empacotado e entregue em locais de doação, na opinião da organizadora profissional Adriana Saade. “Doar o que não se usa, além de ser um ato generoso, é uma das soluções para abrir mais espaço no cômodo”, afirma. Para guardar o que foi mantido, ela aconselha o uso de caixas organizadoras. “Divida os itens por categorias e coloque-os em caixas com etiquetas coladas do lado de fora, identificando-os. Guarde-as dentro de armários ou baús com amortecedores na tampa”, diz. Instalar prateleiras e nichos na parede também funciona. Atente-se apenas ao fato de que esses acessórios acumulam poeira e, portanto, devem ser evitados em quartos de crianças alérgicas.

CAIXAS PARA OS DISCOS
2
 Tenho muitos discos de vinil, mas não sei como guardá-los. Vocês podem me dar dicas?

Além das caixas plásticas transparentes, vendidas em home centers, adote caixotes de madeira natural, utilizados em feiras livres. Essa é a sugestão da arquiteta Bruna Riscali. Nesse caso, atente-se apenas à origem dos caixotes, que devem receber tratamento contra insetos. Para uma solução mais definitiva, invista em nichos de madeira feitos sob medida por marceneiro.

ESTANTE VAPT-VUPT
3
 Como faço para montar uma estante a partir de prateleiras fixadas na parede?

A sugestão da designer de interiores Marília Caetano é usar prateleiras entre 22 cm e 25 cm de profundidade. “Uma estante básica para livros tem aproximadamente 30 cm de espaçamento entre as tábuas”, diz ela. Para a instalação, a estrutura pode ser colocada com alguns tipos de mão-francesa.

SOLUÇÕES PARA SAPATOS
4
 Como posso organizar meus sapatos?

Se falta espaço em casa, mas sobram sapatos, algumas soluções podem ajudar na organização. “Suportes que ficam pendurados nos armários, tanto do lado de dentro como de fora das portas, costumam resolver o problema da ausência de um canto dedicado só aos calçados”, explica Luiza Vieira, personal organizer. Mas, se o caso é guardar os sapatos no armário, escolha os sacos de TNT (tecido que permite melhor circulação de ar) com faixas de plástico transparente que funcionam com o visor. Para as caixas, opte pelas feitas de PVC ou pelas de acrílico com orifícios, que deixam os sapatos sempre frescos e arejados. Quando for guardá-los depois do uso, atenção: “É essencial que a sola seja limpa com um pano úmido e depois permaneça em local ventilado e com sombra por algumas horas”, alerta Cristina Fonseca, da empresa de organização Cris&Dete e uma das autoras do livro Chega de bagunça, Organize-se! Além dos quartos e closets, outros cômodos da casa também podem ser aproveitados para dispor os pares. “Uma sapateira no hall de entrada, por exemplo, já estimula o hábito de tirar os sapatos para deixá-los arejando”, observa Luiza.

BIJUS NO LUGAR
5
 Tenho muitos colares e brincos e um acaba se enroscando no outro. Como posso organizá-los?

A melhor maneira de arrumar acessórios e bijuterias é investir em um móvel sob medida. “Com base nas necessidades de cada cliente, desenho nichos, penduradores e prateleiras no tamanho ideal”, diz a arquiteta Evelin Sayar. Caso não seja possível contratar um projeto personalizado, improvise. A profissional em arrumação Cristina Papazian ensina: “Separe itens por tamanho e coloque-os em fôrmas de cupcake ou de gelo. É preciso deixar tudo visível, porque só se usa aquilo que se enxerga. Colares grandes e echarpes devem ser pendurados em ganchos, pois assim não enroscam”. Armazene os cintos em gavetas com divisões de acrílico. Para bolsas e sapatos, a mesma dica: nunca empilhá-los. “Isso causa deformações e dificulta o manuseio”, diz Cristina.

ARMÁRIO ORGANIZADO
6
 No meu armário, tudo está misturado. Qual é o melhor jeito de organizar e separar as roupas dos acessórios?

Na opinião do arquiteto Rodrigo Ângulo, ao arrumar seus armários, estantes e gavetas, a única regra é sentir-se bem com os critérios adotados. Mas há dicas universais. No caso de gavetas, determine as categorias de objetos e não os misture: uma só para meias, outra só para cintos e assim por diante. A arquiteta Andrea Murao costuma tomar esse cuidado principalmente com clientes mulheres, que precisam manter em ordem bijuterias e maquiagens. Estabelecer prioridades de uso é outra boa dica para qualquer organização. Deixe nas primeiras gavetas aquilo que você usa mais. No guarda-roupa, reserve os módulos de difícil acesso para vestidos longos e casacos. Nas estantes, objetos maiores ou mais pesados ficam melhores nos nichos ou prateleiras baixas. E vice-versa, no caso de itens menores e mais delicados.

ÁREA OTIMIZADA
7
 Preciso de dicas para deixar minha área de serviço organizada.

As áreas de serviço estão cada vez menores e propícias a virar cantinhos de bagunça. A especialista em organização Marcelle Loureiro, da Benfatto Organiza, diz que armários ou prateleiras otimizam a área e deixam os produtos de limpeza longe do alcance de crianças e animais domésticos. “Esponjas, pregadores e panos de chão podem ficar em cestos ou caixas plásticas”, conta. Itens como vassouras, tábuas de passar e ferros podem ser pendurados em suportes, fixados nas paredes. Ao fazer os furos, confira a planta hidráulica do imóvel e localize a posição dos canos. Baldes devem ser empilhados sob o tanque. Gavetões ou cestos são bons para separar as roupas sujas das limpas. “Na falta de espaço, um gancho atrás da porta serve para pendurar camisas”, diz Marcelle.

 

Fonte: Revista Casa e Jardim