Área restrita

Notícias

6 dicas de decoração para apartamento alugado

Não há lugar melhor no mundo do que a nossa casa: confortável, aconchegante, e do nosso jeito. E a principal preocupação de quem mora em um imóvel alugado é investir na decoração e depois ter de se mudar do local por algum motivo.

Mas é possível que seu apartamento ou casa tenha a sua personalidade, mesmo sendo alugado. Basta seguir alguns segredos. Confira.

1- Escolha móveis de medidas “padrão”

A ideia é que os móveis possam caber em todos os espaços, para que “sobrem” mudança após mudança. Escolha uma cama “padrão” no lugar de outras do tipo “queen” ou “king”. Na sala, o indicado é que a mesa – redonda ou quadrada – tenha, no máximo, quatro cadeiras ou banquinhos. Em seu apartamento alugado no bairro de Higienópolis, em São Paulo, o tradutor Mauricio Massano optou por móveis de medidas padrão. O sofá, de três lugares, é modular – e pode virar um de dois lugares com chaise. Dependendo da configuração, ainda pode ser colocado em “L”. “Tudo aqui em casa tem mais de uma função. Meu criado é uma mesa de apoio. Do outro lado da cama tem uma cômoda, que pode mudar de lugar também”, resume.

2- Cores na parede renovam o ambiente

Nada mais pessoal do que escolher as cores da parede da sua própria casa. O produtor e DJ Pedro Campos ainda nem se mudou, mas já tem planos para o novo apartamento. Vai pintar algumas paredes de cinza e mesclar outras cores como roxo, verde ou amarelo. “Isso não custa caro e eu mesmo posso fazer em um final de semana”, diz ele, animado. Papéis de parede, no entanto, nem sempre são boa opção em um local alugado. “Vale mais pintar. Na aplicação de papel de parede deve-se verificar se o proprietário aceite que ele fique. A questão é que ao retirar o papel, possivelmente o antigo morador vai gastar com manutenção, já que é preciso passar massa e pintar a parede”, ensina a arquiteta Rosana Santos, da Essencial Arquitetura e Decoração.

3- Adesivos de parede dão personalidade a cozinhas e banheiros

Os adesivos de azulejos, sejam para a cozinha ou para o banheiro, são uma maneira fácil e em conta de renovar o ambiente. Evita o “quebra-quebra” de uma possível reforma, nem sempre autorizada pelo proprietário do apartamento, e é do tipo de trabalho “faça você mesmo”. São inúmeras as cores e estampas disponíveis no mercado. Em algumas lojas online, é possível criar a própria estampa do novo “azulejo” de plástico, que geralmente é autoadesivo.

4- Aposte em cortinas e tapetes

Esses objetos geralmente são a cara do dono. No lugar de persianas, mais complicadas de serem instaladas e posteriormente removidas, escolha cortinas, estampadas ou lisas. Tapetes em todos os cômodos também os deixam mais coloridos, bonitos e aconchegantes. Ainda são capazes de disfarçar se o chão é mais antigo ou precisa de algum tipo de reparo.

5- Plantas, plantas e mais plantas

Elas podem aparecer em hortas verticais, penduradas próximas da janela, em vasos grandes ao lado do sofá ou do rack da televisão, em vasos pequenos… Dão vida e cor ao imóvel.

6- Quadros, posters e porta-retratos de parede

Podem estar em vários cômodos da casa e ditar ainda uma temática para o ambiente. Uma furadeira na mão ou uma fita dupla-face do tipo super-resistente é o suficiente para colocá-los no lugar. Podem aparecer em duplas, trios, isolados ou em conjunto. A moldura fica ao gosto do morador.

Fonte: Revista ZAP